quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Apresentação aos sócios da equipa de Oriola




É já este sábado, dia 22 de Setembro às 17h00 que a equipa oriolense irá fazer a sua apresentãção aos sócios.
A equipa escolhida vem de Évora e será o Sto António.
Esperamos um jogo bem disputado e que dê um pouco a conhecer aos sócios o nosso plantel.

Quem quizer aparecer para assistir a este jogo está desde já convidado.

6 comentários:

Anónimo disse...

http://www.velhaguardascbencatelense.blogspot.com/

Bastet disse...

http://www.sports-on-line.blogspot.com/

Mourinho na Selecção? Sim ou Não? Deixe o seu comentário.

Anónimo disse...

CABE-NOS A NÓS ELIMINAR AS BARREIRAS POSSIBILITANDO AOS PORTADORES DE DEFICIÊNCIA AGIREM NA SOCIEDADE.
Hoje o nosso país, tem milhares de portugueses que compõem o contigente de excluídos. São pobres, com pouca ou nenhuma formação educacional, desempregados. Desqualificados em funções ocupacionais e produtivas, mal preparados para acções cívicas, desnutridos, desmotivados em ascensão social, desesperançados. A situação de alguns pode ser até pior se forem, ainda, negros, mulheres sem família, mães solteiras, ex-condenados, viciados, doentes, dementes, idosos em fase avançada da vida. Porém, a exclusão pode tornar-se impiedosa se, apesar de tudo, uma pessoa aparentar deformidade, falha ou falta de uma parte do organismo a ponto de ser considerado incapaz de viver sem que outra interfira a todo o momento para decidir sobre o que deve ser feito. Em todas as últimas situações mencionadas, o convívio com a organização da nossa sociedade se depara com a afirmação: “sinto muito, mas atender plenamente a sua necessidade de ser humano é impossível”. jÁ está comprovado por vários estudos e experimentações que a inclusão se manifesta pela transformação das atitudes, comportamento, da administração, do atendimento e da organização fisico-espacial ao longo do tempo. Inclusão manifesta-se, então, através da acessibilidade.
Qualquer pessoa pode, amargamente, experimentar uma deficiência num instante da vida em que precisa obter algo e em que as condições gerais do espaço construido não permitem as satisfações dessas necessidades.
Uma criança experimenta uma deficiência quando tenta subir uma escada e percebe que os degraus são desproporcinais à sua perna.
Um idoso experimenta uma deficiência quando tenta tomar banho de chuveiro público onde o piso é escorregadio, etc., etc.
Todas essas situações de deficiência gera stress, um desgaste fisico e emocional. Há muitas barreiras que deviam ser removidas. Para isso era necessário haver vontade dos nossos governantes.
Agimos conforme os nossos pensamentos, mas o que pensamos hoje não é fruto da razão.
PPara nós vivermos plenamente deveriamos estar preparados para aceitar a mudança e aprender com isso.
A gente passa a contemplar essa coisa com infinita tristeza e a imaginar se haverá acessibilidade no Céu....
Tu podes fazer alguma coisa pelos deficientes !!!!

Anónimo disse...

o GR pedro não faz parte do plantel?

ñ tá a foto dele!!

Nuno Póvoa (deane) disse...

O GR Pedro faz parte do plantel.
Iremos colocar a foto o mais breve possivel.

Anónimo disse...

oriolenses-8 sto antonio-1

Gostava de ver os comentarios ao jogo